terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Natal

Estava pensando hoje onde foi que errei, quando a magia se quebrou e o natal deixou de ser importante para mim.
Lembro que quando criança era a época de que eu mais gostava: aliás, eu torcia pelo mês de dezembro, por vários motivos - meu aniversário, as farrinhas do ano novo, mas principalmente pelo ar que eu acreditava haver por conta do tal espírito natalino. Onde isso deixou de existir para mim?
Tem quem realmente ainda acredite de verdade no sentido do natal?
Será que foi quando percebi o sentido de hipocrisia que invade a maioria das pessoas nessa época? Ou que eu vi que realmente não tinha sentido, para mim??
(...)
O que eu sei é que prefiro ser uma pessoa mais ética e de bem com a vida durante a maioria dos dias do ano, não apenas em uma data específica. Só isso.

Um comentário:

Wendell Penedo disse...

O engraçado é que a gente sempre se questiona como se houvesse algo de errado em nós, como se essa perda da ignorância vigente fosse algo ruim.Talvez tenhamos apenas aberto os olhos, algo difícil, pois como diz minha avó: de perto a gente só vê os defeitos :)